Você conhece o serviço de redespacho

Fique por dentro do segmento de Logística e Transportes

Você conhece o serviço de redespacho

Nov

01

Você conhece o serviço de redespacho

Existem características no transporte de cargas que nem sempre conhecemos, mesmo quem trabalha com isso. Talvez essa falta de conhecimento se dê ao fato de que as empresas buscam sempre modernizar seu serviço afim de facilitarem sua vida e trazer mais conforto ao cliente. Você conhece o serviço de redespacho?

Se a resposta foi “não”, então hoje vamos te contar um pouco mais sobre ele. Principalmente se você trabalha com uma empresa que oferece esse serviço de transporte de mercadorias, é importante ficar por dentro do assunto.

O que é o serviço de redespacho?

É um serviço feito por uma transportadora, no qual a mesma contrata outra empresa do mesmo segmento para transferir a carga que está transportando. Essa é a definição segundo a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres).

Deu para entender? Uma transportadora é contratada para transportar uma determinada mercadoria, mas ela paga para que outra faça isso, transferindo a responsabilidade. A primeira empresa, chama-se expedidora, e a segunda é a redespachante.

Tipos de redespacho

Existem classificações diferentes para esse tipo de serviço, todas semelhantes de certa forma, mas que não devem ser confundidas umas com as outras. Elas são: Redespacho, Redespacho Intermediário e Subcontratação, e você ficará por dentro de todas elas mais para a frente da leitura.

Por que o redespacho é feito?

Podem ser motivos particulares de empresa para a empresa, mas geralmente, o redespacho é feito porque a empresa quer atingir outras localizações que, sem poder contar com outra empresa transportadora, não estariam a seu alcance.

Para que você entenda melhor, podemos usar o exemplo de uma empresa que só faz entrega em seu estado, por exemplo. Mas, ela fecha uma venda muito boa e a mercadoria precisa ser entregue no estado vizinho.

Ela leva a mercadoria até uma determinada parte do caminho, e depois a outra empresa (redespachante) se encarrega de levar a mercadoria até o destino final.

Redespachante x Subcontratação

É comum que as pessoas cometam o erro de confundir redespachante com subcontratação, mas na verdade, são duas coisas bem diferentes.

A subcontratação acontece quando uma empresa usa os serviços de outra para fazer todo o processo de entrega da mercadoria, desde quando ela é posta no veículo, até chegar no endereço que é pré-estabelecido pelo cliente.

E como você já sabe, mas vale a pena relembrar, o despacho é quando a entrega começa sendo feita pela empresa até uma determinada parte do percurso e depois outra empresa se responsabiliza pela carga, e isso a caracteriza como a empresa redespachante.

Cuidados Especiais

Embora a empresa que contrata um serviço de redespacho tenha boas intenções, e queira fazer uma entrega além de seu alcance, existem alguns detalhes com os quais ela precisa se preocupar.

Se a entrega depende do serviço de uma segunda empresa, então o prazo para entrega da mercadoria talvez possa ser comprometido, por isso, a empresa deve programar cada detalhe para que não haja atrasos e o cliente tenha uma má impressão do serviço da companhia.

Preços

Outro detalhe para o qual as empresas envolvidas precisam se atentar, e também os clientes é o preço do serviço de redespacho.

Envolver o serviço de mais de uma empresa transportadora demanda mais gasolina, tempo de dedicação àquele serviço, tipo de transporte etc. Com isso, é claro que precisa ser cobrado um preço justo, mas pode ser que ele aumente caso haja algum imprevisto no meio do caminho.

Mais de uma transportadora

Só para esclarecer, o serviço de redespacho não é caracterizado por uma única transferência de responsabilidade pela entrega da mercadoria. O exemplo da empresa que só entrega no seu estado foi uma forma fácil de fazer com que você compreenda o conceito de redespacho, mas na verdade, pode ser um pouco mais complexo.

Na verdade, complexo não seria bem a palavra, só envolve mais de uma transferência de carga. E pode ser que isso aconteça duas vezes, três, quatro, cinco ou quantas forem necessárias.

Redespacho Intermediário

No caso de mais empresas transportadoras serem envolvidas no processo de entrega de uma mercadoria, chamamos esse serviço de redespacho intermediário.

Ele é caracterizado por uma contratação de uma terceira empresa, pela segunda que na verdade já era a redespachante. Essa terceira empresa será a responsável por fazer o serviço intermediário.

Menos veículos, mais tempo

Uma entrega que será feita por mais de uma empresa redespachante só vai atrasar, na realidade, caso haja algum imprevisto durante o trajeto.

Normalmente, quando o transporte todo é feito por um único veículo, é quando a mercadoria demora mais para chegar, porque depende de uma série de fatores.

Tipos de transporte

E o serviço redespachante não envolve somente um tipo de transporte.  Uma mesma mercadoria pode atravessar o país, por exemplo em percursos feitos por veículos terrestres, aéreos e até marítimos, dependendo da localidade que precisa alcançar.

Documentação

É claro que transportar uma carga assim de um lugar para o outro não poderia ser feito sem toda a documentação em dia.

O documento necessário nesse caso é conhecido como CTe (Conhecimento do Transporte Eletrônico). Como você pode imaginar, trata-se de um documento eletrônico que faz o acompanhamento das empresas que oferecem serviço de transporte.

Como tirar o CTe?

Como se trata de um documento eletrônico, sua emissão também é completamente eletrônica. Uma das grandes vantagens desse documento é que ele não precisa estar com o motorista, porque já consta no sistema, e é aceito em todos os estados do Brasil.

Além disso, ele reduz o tempo que os veículos levam para ficar parados nos pontos de checagem de fiscalização, e faz com que o serviço de redespacho fique mais ágil, o que é muito bom já que a entrega nesses casos demanda mais cuidado com o tempo.

O CTe também favorece a empresa transportadora de uma forma geral, porque fornece uma série de dados que ficam armazenados de forma eletrônica, por isso, são mais fáceis de consultar.

Agora que você já sabe tudo sobre redespacho, como é feito, o que é, e para que serve, não deixe de investir nesse tipo de serviço, para que sua empresa alcance outras localidades e cresça cada vez mais!

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO: