11 Cuidados essenciais com a carga durante o carreto

Fique por dentro do segmento de Logística e Transportes

11 Cuidados essenciais com a carga durante o carreto

Ago

28

11 Cuidados essenciais com a carga durante o carreto

11 Cuidados essenciais com a carga durante o carreto

Fazer carreto não é simplesmente jogar todos os itens dentro de um caminhão e partir para o destino. Sem os cuidados que se deve ter, desde o momento em que se faz o estudo do que se tem que levar até a entrega, há uma série de responsabilidades que são essenciais para o sucesso do serviço.

Em meio ao carreto, cada produto que compõe a carga tem que ser colocado de forma correta no veículo, adotando todos os cuidados necessários para que seja preservado tanto a mercadoria que está sendo movida para outro endereço. O serviço de transportadora deve ser o mais cuidadoso e seguro o possível.

São esses mínimos detalhes referentes a segurança que evitarão acidentes que podem tanto ser arriscados para o condutor, quanto podem gerar um prejuízo dentro da logística que podem chegar a custos exorbitantes.  Certar avarias podem tornar a experiência no carreto danosa e traumatizante.

Pensando nisso, é bom saber todos os passos necessário para se manter a segurança das mercadorias durante o carreto.

11 cuidados essenciais com a carga durante o carreto

1.Saber como acomodar os itens

É importante saber que primeiro de tudo, a carga deve ser distribuída igualmente sobre o eixo do caminhão e de forma que não deixe o veículo sobrecarregado dos lados, pois numa curva pode fazer com que o automóvel vire.

2.Cada peça é única e deve ser cuidada como tal

Todo o cuidado é pouco quando se trata da vida de outras pessoas e as peças de um carreto fazem parte da vida de alguém. Cada item deve ser separado, isolado e embalado de maneira única. Os embrulhos devem ser evitados de serem unidos em um único pacote, pois quando o veículo sacode, pode ser que com o atrito a mercadoria danifique em larga escala.

É imprescindível saber que uns materiais não podem estar juntos dos outros, classificar por tipo e embalar com produtos específicos que foram criados para esse fim (plástico bolha, por exemplo).

3.Caixas e caixotes são os melhores amigos do carreto

Por que deixar a mercadoria espalhada pelo piso do caminhão se você pode acomoda-la em caixas e caixotes? Não é preciso nem gastar muito dinheiro com esse recipiente. Ele é de fácil acesso, é só procurá-los em feiras de frutas que acontecem em bairros e vilas e os encontrará aos montes. E esse detalhe que muitas vezes é jogado fora pelos feirantes por não ter muita utilidade, pode ser útil para fazer um carreto.

4.Se é frágil precisa de mais cuidado

No momento que estiver fazendo a classificação de objetos, é imprescindível separar os frágeis dos mais resistentes. É mais que necessário deixar bem descrito, seja numa fita, numa faixa, escrito nas caixas e, não apenas determinando a fragilidade do item, mas dizendo o que há dentro daquele pacote.

Isso evitará que quaisquer pessoas que tenham contato com os itens, os manuseiem de forma irresponsável, tomando assim o máximo de contato possível para que nada aconteça e que não se configure num prejuízo desnecessário.

5.Se é frágil, não pode ficar embaixo

Ao colocar as mercadorias já embaladas adequadamente, tenha o cuidado e a noção de estruturar a base do carreto, colocando as mais pesadas embaixo primeiro. Mesmo que o motorista vá em segurança para evitar acidentes, às vezes uma frenagem mas forte por conta de qualquer imprevisto pode fazer com que desastres aconteça  com a carga, por exemplo.Por isso, as cargas mais leves, sensíveis e frágeis precisam estar sobre aquelas quesão bem mais pesadas.

 

6.Prenda a mercadoria com todo o cuidado

 

Se você olha no GPS e no mapa parece que nada vai acontecer no trajeto e ele será às mil maravilhas. Mas, se engana quem não conta com imprevistos, pois eles vão acontecer com certeza. E se você não deixa a mercadoria bem presa, vai ter dor de cabeça quando chegar no seu destino.

 

Um motoqueiro atravessa o caminho, uma curva muito fechada, lombadas, aumento e diminuição brusca de velocidade... se a carga não estiver bem amarrada, pode garantir o prejuízo na entrega final.

 

7.Tenha sempre o melhor caminhão para o tipo de serviço

Sempre providencie para o melhor transporte e mais adequado para o tipo de serviço designado. Cada carga requer um caminhão correspondente. Cargas de compridas, como tubulações, toras de madeira, não podem ser levadas por caminhões que não possuam o espaço para acomodá-los. Uma instalação insuficiente pode causar a estabilidade do veículo, além de acidentes de trânsito.

8.Os veículos têm que estar nas melhores condições

Se você precisa de um caminhão para realizar o carreto ele tem de estar em ótimas condições para que não aconteçam acidentes com a mercadoria ou com o veículo. Caminhões velhos podem causar tragédias no trânsito. O carreto de carga em veículos em más condições pode criar diversos riscos.

9.Se atentar ao peso

Peso demais causa maior pressão na suspensão chassis do caminhão e isso demanda mais trabalho dos freios, fazendo com que os riscos de que o veículo derrape e acidentes de trânsito aconteçam, além de da carga (e tragédias) possam acontecer.

A HJ Entregas sempre está em dia com os cálculos e os limites permitidos pela legislação, além de garantir caminhões que estejam de acordo com a capacidade exigida para o serviço proposto.

 

10.Condutores preparados e cuidadosos

Os motoristas devem ser orientados e treinados sobre como transportar devidamente as cargas e prevenção de acidentes e roubos. As pausas de descanso devem ser regularmente respeitadas, para que este esteja em perfeitas condições física para conduzir o veículo.

Os condutores devem ser educados e orientador de maneira a saber a medida correta de como levar a carga e prevenir acidentes. Além disso, dependendo do período que fosse a viagem, período de descanso deve ser observado e respeitado, para que o motorista esteja bem para levar a carga.

11.Caminhões com rastreamento

Os transportes de todas as mercadorias realizadas pelo carreto podem e devem ter a monitoria realizada tanto pela empresa quando pelo cliente, via satélite, para que o rastreio da carga possa ser feito até a entrega ser plenamente realizada.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO: